residências

15 agosto, 2016

[portugues]  [english]  [español]

RESIDÊNCIA Uberbau_house +Arquivo [Pesquisa em Arte Contemporânea]

[2019] 

São Paulo, Brasil.

> Formulário Postulação

imagen web_1

APRESENTAÇÃO GERAL

A residência Uberbau_house +Arquivo [Pesquisa em Arte Contemporânea] é uma instância de reflexão, investigação e documentação sobre arte contemporânea; ao mesmo tempo que uma oportunidade de intercâmbio com agentes e organizadores locais e latinoamericanos.

A Residência Uberbau_house +Arquivo é orientada a pessoas que querem:
> fazer uma pesquisa independente
> planejar uma estratégia de produção ou estratégia de carreira
> escreva uma tese em processo, ensaios ou um livro
> aprofundar seu conhecimento em arte contemporânea

 

É dirigida à artistas investigadores, curadores, historiadores de arte, gestores, pesquisadores, professores de arte e outros agentes culturais.

  • Participantes: até 3 pessoas por mês.
  • Idiomas: Espanhol, Português e Inglês.

Alguns TEMAS DE PESQUISA que trabalhamos na RESIDÊNCIA na Uberbau_house +Arquivo

  • Arte Contemporânea como método de pesquisa
  • Cenas Locais e Gestão Autónoma
  • Curadoria e Editorialidad de Arte
  • Sistema da Arte, Institucionalidad e Política Públicas

PERÍODOS propostos para a realização da residência:

[2019]

Residencia Uberbau_house Residência 1 mês y meio Uberbau_house +Arquivo Residência 2 meses y meio Uberbau_house +Arquivo
17 días /
16 noites
1 mes e meio
(45 días)
2 meses e meio
(75 días)
  • 10 a 26 de Junho 2019.
  • 8 a 24 de Julho 2019.
  • 7 Janeiro a 22 de Fevereiro 2019.
  • 28 Janeiro a 15 de Março 2019.
  • 10 Junho al 26 de Julho 2019.
  • 8 Julho al 25 de Agosto 2019.
  • 7 Janeiro a 23 de Março 2019
  • 28 Janeiro a 13 de Abril 2019
  • 10 Junho al 24 Agosto 2019.
  • 8 Julho al 23 de Setembro 2019.
usd$950
(novecentos e cinquenta US dólares)
usd$2.000
(dois mil US dólares)
usd$3.000
(três mil US dólares)

 

A Residência proporcionará aos participantes:

  • Acomodação (em quarto compartilhado) com café da manhã; e uso dos espaços comuns da Uberbau_house: cozinha, salão, lavanderia e living.
  • Acesso livre e gratuito a todas as atividades da Uberbau_house.
  • Acesso livre à biblioteca e arquivo de arte contemporânea Reserva Ideológica.
  • Acesso livre e com perfil de editor ao banco de dados VADB – comunidad de Arte Contemporáneo Latinoamericano.
  • Apresentações públicas sobre o avanços do trabalho realizado.
  • Seguimento e assessoramento por parte da equipe de coordenação.
  • Programa de reuniões com agentes locais: artistas, curadores, gestores, investigadores e outros agentes relevantes dentro da cena de São Paulo e America Latina.
  • Inclusão em publicação online e fanzine de pesquisa semestral.

Não está incluído:

    • Passagens para e desde o local da residência.
    • Almoços e jantares. Serão planejadas refeições grupais.

 

COMO SE INSCREVER

Para se inscrever, preencha o Formulário Postulação

Além de preencher seus dados, deverás responder algumas perguntas referentes ao trabalho de pesquisa que realizarás durante a residência.

  • Fornecemos carta-convite para gestão de fundos.
  • Emitimos certificado de participação.

+ info:   contacto@uberbau-house.org

A residência Uberbau_house +Arquivo [Pesquisa em Arte Contemporânea] é possível graças ao trabalho de Jorge Sepúlveda T. (crítico e curador independente); Guillermina Bustos (artista e persquisadora independente), e Paola Fabres (curadora e pesquisadora independente).

 

A residencia Uberbau_house +Arquivo [Pesquisa en Arte Contemporáneo] é membro de:

ResArtis_logo1   trans_artist logo    67529_150829648292168_5724168_n    bender_red_logo  dDxKkHDj_400x400  micro_logo_clear  apt_institute
gestion_autonoma_de_arte_contemporaneo_baja

Colaboran con la difusión:
c4e_opportunities_72px    kulturltd-siyah_19nisan2   arteinformado-espacio-iberoamericano-del-arte2  artist_alliance_logo   captura-de-pantalla-2016-10-18-18-16-02 captura-de-pantalla-2016-10-14-12-01-05afac   logo_artistsinresidence

 

///////
Residentes Uberbau_house 2016 / 2017
  • Juan Fernando Lopez (Bogotá, Colombia) – economia na gestão autônoma da arte
  • Laura Carvalho (São Paulo, Brasil) – relação de cor e arquitetura com o contexto
  • Dafne Valdivia (Guanajuato, México) – instituições formais v.s. gestão autônoma da arte
  • Dana Ferrrari (Buenos Aires, Argentina) – história do rol do artista
  • Jazmin Saidman (Buenos Aires, Argentina) – pedagogia e didática na arte
  • Guillermo Rodriguez (San Juan, Puerto Rico) – arte e tecnologia
  • Leonel Mittmann (Porto Alegre, Brasil) – pixaçao, graffiti e arte urbana
  • Abhishek Panchal (Mumbai, India) – rol do artista educador
  • Estíbaliz Barato (Madrid, España) – modelos de análise para produção de obra
  • Andrea Ospina (Manizales, Colombia) – gestão de arte, gestão de cultura e zona de exceção temporária
  • Fernanda Avendaño (Santiago de Chile) – arquitetura e corpo social
  • Natalia Murcia (Bogotá, Colombia) – arte contemporânea como metodologia de pesquisa
  • Silvia Mariotti (Milan, Italia) – relação entre produção visual e literária
  • Naoko Mabon (Escocia, UK) – construção da identidade na cultura japonesa no Brasil
Residentes Uberbau_house 2018
  • Michel Marx (Montevideo, Uruguay) – rol do artista e Cena Local de Montevideo
  • Andrea Ferrero (Lima, Perú) – processos de memória na América Latina
  • Romina Estecher (Buenos Aires, Argentina) – recorrência em processos de produção artística
  • Pablo Foladori (Buenos Aires, Argentina) – la relação entre a ópera e práticas contemporâneas
  • Felipe Nuñez (Oaxaca, México) – a possibilidade de manifesto de pintura contemporânea
  • María de los Ángeles Otarola (Mar del Plata, Argentina) – gestão cultural e gestão de arte
  • Majo Vidal (Buenos Aires, Argentina) – arte e feminismo
  • Jesús Jimenez (Morelia, México) – poesia concreta e violência
  • Tarix Sepúlveda (Santiago de Chile) – arquitectura
  • Mateo Lopez Imán (El Bolsón, Argentina) – genocídio linguístico. Símbolo, Poder e Arte Contemporânea na América Latina.
  • Genietta Varsi (Lima, Perú) – disciplina e domesticação do corpo humano.
  • Frances Munar (Lima, Perú) – arquitetura de som. Diálogos entre códigos e intersubjetividade para a América Latina.

Sobre o Programa das residências na America Latina:

Desde 2010, o grupo de trabalho Curatoría Forense – Latinoamérica em relação com Uberbau_house a  Cooperativa de Arte coordenou um total de  40 residências de arte contemporânea em conjunto com gestões autônomas de sete países da América Latina (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México, Perú e Uruguai) que contaram com a participação de mais de 300 artistas, curadores, investigadores, historiadores e gestores de arte contemporânea.

 

uberbau_imagen_web_2

[portugues]  [english]  [español]