residências pasadas

19 julio, 2019

[español]  [portugues]  [english]

Residentes Uberbau_house 2016 / 2017

  • Juan Fernando Lopez (Bogotá, Colombia) – economia na gestão autônoma da arte
  • Laura Carvalho (São Paulo, Brasil) – relação de cor e arquitetura com o contexto
  • Dafne Valdivia (Guanajuato, México) – instituições formais v.s. gestão autônoma da arte
  • Dana Ferrrari (Buenos Aires, Argentina) – história do rol do artista
  • Jazmin Saidman (Buenos Aires, Argentina) – pedagogia e didática na arte
  • Guillermo Rodriguez (San Juan, Puerto Rico) – arte e tecnologia
  • Leonel Mittmann (Porto Alegre, Brasil) – pixaçao, graffiti e arte urbana
  • Abhishek Panchal (Mumbai, India) – rol do artista educador
  • Estíbaliz Barato (Madrid, España) – modelos de análise para produção de obra
  • Andrea Ospina (Manizales, Colombia) – gestão de arte, gestão de cultura e zona de exceção temporária
  • Fernanda Avendaño (Santiago de Chile) – arquitetura e corpo social
  • Natalia Murcia (Bogotá, Colombia) – arte contemporânea como metodologia de pesquisa
  • Silvia Mariotti (Milan, Italia) – relação entre produção visual e literária
  • Naoko Mabon (Escocia, UK) – construção da identidade na cultura japonesa no Brasil

Residentes Uberbau_house 2018

  • Michel Marx (Montevideo, Uruguay) – rol do artista e Cena Local de Montevideo
  • Andrea Ferrero (Lima, Perú) – processos de memória na América Latina
  • Romina Estecher (Buenos Aires, Argentina) – recorrência em processos de produção artística
  • Pablo Foladori (Buenos Aires, Argentina) – la relação entre a ópera e práticas contemporâneas
  • Felipe Nuñez (Oaxaca, México) – a possibilidade de manifesto de pintura contemporânea
  • María de los Ángeles Otarola (Mar del Plata, Argentina) – gestão cultural e gestão de arte
  • Majo Vidal (Buenos Aires, Argentina) – arte e feminismo
  • Jesús Jimenez (Morelia, México) – poesia concreta e violência
  • Tarix Sepúlveda (Santiago de Chile) – arquitectura
  • Mateo Lopez Imán (El Bolsón, Argentina) – genocídio linguístico. Símbolo, Poder e Arte Contemporânea na América Latina.
  • Genietta Varsi (Lima, Perú) – disciplina e domesticação do corpo humano.
  • Frances Munar (Lima, Perú) – arquitetura de som. Diálogos entre códigos e intersubjetividade para a América Latina.

Residentes Uberbau_house 2018

Postula a Residência Uberbau_house